Notice: wpdb::prepare foi chamada incorretamente. A consulta não contém o número correto de espaços reservados (2) para o número de argumentos passados (3). Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 4.8.3.) in /var/www/html/salex.com.br/web/wp-includes/functions.php on line 4152
Retrospectiva – Salex

Histórico da Feira

A SALEX realizou sua primeira edição em 1991, incrementando o crescimento natural do setor de diversão e entretenimento.

Para atingir todo o potencial que tem, refletindo em bons negócios para toda a cadeia produtiva do setor de artigos para o segmento de diversão, entretenimento e festas, a Salex acontece no principal polo comercial da América do Sul, em uma cidade com toda a infraestrutura necessária para um evento de porte internacional: São Paulo.

A SALEX não foi criada apenas para atender a uma necessidade do mercado, mas também para superar expectativas, pois ao mobilizar todo o segmento de artigos para diversão, festas e entretenimento, conta com uma infraestrutura privilegiada, uma complexa rede hoteleira e acontece em um dos mais expressivos locais de exposições: Pavilhão da Bienal do Ibirapuera.

O qualificado encontro do setor aproxima os profissionais envolvidos na cadeia produtiva de diversão e entretenimento e festas, amplia relacionamentos, expande o mercado, proporciona negócios e cria oportunidades reais de lucro, com visibilidade nacional e internacional. É a ocasião perfeita para ótimas negociações, já que, em apenas três dias, o mercado especializado se encontra na Salex. Assim, a importante feira abre espaço na agenda mundial de encontros profissionais desse setor, possibilitando aos seus expositores, programarem suas produções ou importações da melhor maneira, balizando-se também na abertura de negócios realizados.

Posicionada no mercado como feira internacional de artigos para segmento de diversão,  entretenimento e festas, a SALEX tem por objetivo integrar o mercado, formando conceitos mercadológicos, apresentando tendências, ampliando os canais de comercialização, promovendo negócios, incrementando vendas, gerando lucro e possibilitando a troca de informações entre os membros desta promissora cadeia produtiva. Por ser profissional, a SALEX é aberta apenas para compradores especializados e demais profissionais ligados aos setores de diversão, entretenimento e festas, que conhecem as últimas tendências e lançamentos apresentados por fabricantes, distribuidores e importadores nacionais e internacionais comercializados somente por meio da emissão de pedidos.

Especializada e reunindo as melhores marcas do setor de artigos para diversão, entretenimento e festas, a SALEX se prepara para celebrar sua 26ª edição, caracterizada como uma feira que promove negócios, gerando um grande volume de transações, acima das expectativas do mercado, oferecendo ao expositor as melhores condições de visibilidade aos seus produtos e negociação com o mercado. Com uma visitação qualificada, composta por compradores profissionais, a feira gera oportunidades de negócios com empresas de todos os estados brasileiros, atingindo todo o Brasil e outros países.

Retrospectiva das Feiras

25salex2014

SALEX FAIR E CHRISTMAS FAIR ACONTECEM SIMULTANEAMENTE NO ANHEMBI PAVILHÃO OESTE

Local: Anhembi – Pavilhão Oeste – São Paulo

Duas novidades marcaram essa edição: este ano a feira aconteceu simultânea à Christmas Fair, assim como também a mudança de local: Anhembi – Pavilhão Oeste. A feira reuniu 85 expositores nacionais e internacionais e aproximadamente 5.500 compradores de mais de 680 cidades do Brasil e de 11 países de todos os continentes.

24salex2013

2013 A GRAFITE FEIRAS E PROMOÇÕES É A NOVA ORGANIZADORA DA SALEX FAIR

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

A Grafite Feiras e Promoções passa ser a nova organizadora da SALEX permanecendo no mesmo local do anos anteriores, ou seja, no Transamérica Expo Center Norte. A parceria tem como objetivo trazer fortalecimento para a feira e grandes benefícios para expositores e visitantes.

23salex2012

2012 A ECONOMIA TEM O SEU PIOR DESEMPENHO DESDE 2009 E SALEX INVESTE EM CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE FESTAS INFANTIS

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

A economia brasileira cresceu 0,9% em 2012. No quarto trimestre, o crescimento foi de 0,6% em relação ao trimestre anterior, e de 1,4% em relação ao quarto trimestre de 2011. É o pior desempenho anual da economia desde 2009, quando encolheu 0,3% (fonte IBGE). A Revista Games News chega à sua 92ª edição; uma das reportagens aborda a substituição das fichas nas casas de jogos pelos cartões eletrônicos. Nesta edição da feira acontece o Congresso de Arte com Balões, ministrado por Wilson Sawaki e convidados.

22salex2011

2011 A SALEX OFERECE CURSOS E PALESTRAS PARA QUALIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS DO SETOR

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

A economia brasileira cresceu 2,7% em 2011 segundo dados do IBGE. A ADIBRA (Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil) realiza uma vasta programação de palestras com renomados e experientes profissionais da área, como Ken Withing (EUA), presidente do Comitê de Alimentos e Bebidas da IAPPA. No segmento de cursos para buffets infantis a empresa Tchu-tchuá realizou uma série de cursos nos três dias de exposição.

21salex2010

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

2010 O ANO DO GRANDE SALTO DA INDÚSTRIA

O setor da economia brasileira que mais cresceu em 2010 em relação a 2009 foi a indústria, com 10,1%, segundo informações do IBGE. A SALEX ocorreu novamente no Transamérica Expo Center, nos dias 14, 15 e 16 de julho de 2010. A Revista Games News publica a matéria celebrando os vintes anos de feira. Nesta mesma edição foi publicada a matéria Bingo – Aposte na legalização; todo o setor torce enfim pela regulamentação a qual não ocorre.

20salex2009

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

2009 PARA OS 20 ANOS, UMA FESTA DE LUZES E CORES

“Só mesmo aqui, podemos encontrar reunidos todos os que trabalham no setor”, foram os comentários mais ouvidos na 20ª SALEX, realizada no Transamerica Expo Center, nos dias 14, 15 e 16 de maio. Os expositores se mostraram satisfeitos com o volume de negócios fechados. Participaram do evento empresas nacionais e estrangeiras, com destaque para Itália, Canadá, China e Argentina. Apesar do momento econômico pouco favorável, a feira teve grande procura por estandes. Expositores exibiram lançamentos e produtos de alta qualidade. Destacamos a Fibrasmil que apresentou o Basketoy, brinquedo que empolgou os telespectadores do programa “Domingão do Faustão”. A Imply mostrou os games que foram sucesso no “Big Brother Brasil 9”. Não faltaram equipamentos voltados para o público infanto-juvenil. Na área de jukeboxes, estiveram presentes várias empresas importantes, dentre elas a HTR, IBR Brasil, NG Box e a nova L&L Millenium com modernos sistemas digitais de música, vídeo e karaokê. Colorida, alegre,  prazerosa  foram  os  adjetivos que  sintetizaram a  festa  dos  20 anos  da jovem SALEX.

Tânia Salles e Oscar Reginato, na direção e organização da feira, mostraram que o sonho não acabou com a ausência de seus fundadores. Temos certeza de que a dobradinha, Roberto Salles e Steve Whatmore, aplaudiria a nova gestão e, com seu mais largo sorriso, comemoraria os resultados de duas décadas dedicadas à diversão. Oxalá, o Homo sapiens nunca se separe de seu alter ego, o Homo ludens… Bem-vindos à SALEX 2010!

19salex2008

Local: Transamérica Expo Center – São Paulo

2008 NOVO ENDEREÇO, MESMA COMPETÊNCIA

Entre 4 e 6 de junho, a SALEX  mudou de casa mais uma vez. Nesse ano, aconteceu no Transamérica Expo Center, em São Paulo. O novo local propiciou melhor aproveitamento dos espaços e teve a aprovação geral do público. A altura elevada do pavilhão permitiu a colocação de equipamentos de grande porte. Estiveram presentes 12.630 visitantes entre operadores brasileiros e estrangeiros tiveram

Expositores internacionais, procedentes da Itália, Canadá, México, Argentina, Ucrânia, entre outros, vendas significativas e reservaram amplos espaços para a SALEX de 2009. Os empresários nacionais não deixaram por menos e o volume de negócios superou as previsões mais otimistas.

Várias revistas internacionais especializadas no setor deram destaque para o evento, como a taiwanesa GTI, Hot Games,  e Games Parks Industry, da Itália.

Também no Brasil a feira teve apoio de revistas importantes, Festa e Cia. e Games News. Cursos e palestras foram ministrados na área de parques, além de cursos exclusivos para a área de buffets infantis.

18salex2007

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2007 UM MERGULHO NA ILHA DA FANTASIA

Valeu a pena seguir em frente. Com relação ao ano anterior, a feira aumentou sua área, tendo aproximadamente 10 mil metros quadrados e recebendo cerca de 120 expositores. Entre 22 e 24 de julho, o número de visitantes nacionais e estrangeiros, no ITM, chegou a 15 mil. Houve recordes de vendas.

A  SALEX contou  com  muitos  lançamentos  na  área  de  diversões,  parques,   buffets  infantis, bilhares, equipamentos de tatuagem temporária, vários tipos de games, arcades, jukeboxes, simuladores, vending machines, camas elásticas, além da presença de moderna estação multimídia para áreas de  shopping, áreas de recreação etc.

As  novas modalidades de “arvorismo”, voltadas  a projetos, construção e instalação de casinhas de Tarzan, circuitos de arvorismo, tirolesas, rapel, parede de escalada, brinquedos para playground, quiosques, também despertaram o interesse dos visitantes.

Ganhou destaque o 1º Encontro Nacional de Animadores Infantis, com a participação de profissionais de vários estados, principalmente da região Norte do Brasil. O grande show The Oriental Magic, um dos maiores expoentes da mágica do planeta, deu o toque final à feira. Foi um mergulho na Ilha da Fantasia.

17salex2006

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2006 PALAVRA, ROBERTO! O SHOW VAI CONTINUAR…

Dias 23, 24 e 25 de julho. No ITM, realizou-se a primeira SALEX sem a presença de Roberto Salles, falecido em fevereiro. O incrível Roberto, criador da feira e espinha dorsal do ramo, nos deixou para entrar na História das diversões no Brasil. Depois dessa grande perda, houve certa hesitação quanto à realização da SALEX, mas a lembrança de Roberto e de sua coragem, que beirava a temeridade, nos empurrou para frente.  Foi um tour de force. O show devia  continuar. Empresas de  vários  países e  de  quase   todos  os estados  brasileiros  prestigiaram o evento.

Como  nas  edições anteriores,  operadores sul-americanos puderam assistir à evolução dos equipamentos da indústria internacional de entretenimento. Conseguimos a adesão de quase 12 mil visitantes entre operadores nacionais e estrangeiros que movimentaram negócios e renderam aos fabricantes fechamento de grandes pedidos para 2007.

16salex2005

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2005 BRINQUEDO É NEGÓCIO SÉRIO

Os pavilhões do International Trade Mart receberam, entre os dias 3 e 5 de agosto, a 16ª Exposição Sul-Americana da Indústria de Diversão – SALEX.

No entender do fundador e promotor da exposição, Roberto Salles, abriu-se um novo e promissor mercado para os fabricantes de brinquedos. Também, segundo ele, o evento atingiu seu grande objetivo, sendo visitado por muitos empresários e consultores europeus. Expositores de todo o Brasil e do exterior apresentaram seus equipamentos, serviços e novidades para um público de profissionais cada vez  mais  focados  nas  múltiplas facetas, que  constituem o universo do setor de  diversões.

Várias revistas nacionais e internacionais divulgaram e deram suporte à SALEX 2005. “Uma feira, sob medida, para fechar negócios”, foi a opinião quase unânime dos participantes.

15salex2004

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2004 BAIXOU A MP 168… BINGOS PROIBIDOS

Desta vez, a SALEX foi no mês de agosto, entre os dias 4 e 6. Ocupou somente um dos pavilhões do ITM. A exemplo do que ocorreu na feira de 2001, quando o “apagão” fez encolher o espaço da exposição, em 2004, a medida provisória (MP) 168, que proibiu os bingos e os videojogos, praticamente eliminou a área destinada ao setor, um duro golpe em termos, para quem nunca desiste. O evento voltou-se para outros ramos de entretenimento. Várias revistas nacionais e internacionais de países como Itália, Espanha, Argentina, Taiwan, Coreia, China, Japão, Reino Unido e Estados Unidos, além das brasileiras Games Magazine e Games News, deram suporte à SALEX 2004.

Empresários de 30 países aderiram à mostra. Entre as novidades, uma máquina virtual de corrida de cavalos, trazida por uma empresa coreana, fez sensação. O setor de buffets infantis se fortaleceu – uma área de 500 metros quadrados foi criada num espaço onde expositores e fornecedores para buffets puderam apresentar seus produtos (desde alimentos, decoração, montagem de cozinhas industriais até programas de gerenciamento). Vários cursos e seminários foram oferecidos mediante parcerias com empresas especializadas.

14salex2003

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2003 JUKEBOXES ADEREM À MP3

Superando a marca anterior, 15.221 pessoas visitaram a 14ª edição da SALEX, que aconteceu entre os dias 17 e 19 de julho, ocupando dois pavilhões do ITM, em São Paulo. O mais importante lançamento na feira foi a jukebox com tecnologia MP3. Uma dezena de empresas apresentou seus modelos. Com a nova tecnologia, desapareceram os CDs, o que barateou o custo operacional das máquinas.

Em 2003, os expositores das áreas de buffets infantis foram os mais entusiasmados, devido à quantidade de estandes dirigidos ao setor, e as companhias coreanas, trazidas pela Kamma, associação dos empresários de diversões da Coreia, suplantaram os demais países. Uma invasão do Oriente, muito bem-vinda. A falta de uma legislação específica, para o setor de bingos, tirou o brilho que o  potencial do mercado brasileiro merecia. Nem a geração constante de empregos, impostos e recursos para o esporte sensibilizou o governo brasileiro.

A Salex mais uma vez cumpriu seu papel aglutinador de reunir num mesmo espaço os empresários dos mais diversos setores do entretenimento.

13salex2002

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2002 MEGAESTANDE E UMA NINHADA DE CHERRY DOGS

Como sempre, expositores nacionais e internacionais, de todos os cantos do planeta, prestigiaram a SALEX , que se realizou entre os dias 18 e 20 de julho, em dois pavilhões do ITM. Naquele ano, a mostra ganhou novo apelido, sendo carinhosamente chamada de “a feira da Cherry Dog”, tal a quantidade de jogos desse tipo apresentados. O lançamento da Dog 2002 foi festejado pelos operadores de rua.

Na ocasião, ficou evidenciada a diferença que a prática já estava demonstrando. Os equipamentos de rua foram na sua maior parte de origem asiática, enquanto espanhóis e norte-americanos apresentaram equipamentos para casas de bingos.

Uma empresa de Curitiba, a Ruby, montou o maior estande já visto em qualquer edição da SALEX. O megaestande chegou aos pavilhões do ITM dentro de 20 carretas. Até um palco para orquestra com cantores fazia parte da obra arquitetônica da mais de 1.500 metros quadrados. Um assombro!

Descartado o vilão do “apagão”, a SALEX 2002 mostrou sua força total, tanto no pavilhão de jogos para adultos, como no pavilhão de parque de diversões. Cerca de 15 mil visitantes e treze publicações nacionais e estrangeiras se fizeram presentes, o que confirmou a importância do evento no cenário internacional.

12salex2001

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2001 QUEM TEM MEDO DO “APAGÃO”?

O ITM, em São Paulo, recebeu novamente a SALEX, entre os dias 19 e 21 de julho. O evento contou com a participação de muitos países, com destaque para a Coreia que trouxe três expositores, ocupando grandes áreas nos pavilhões. Não deu outra: os visitantes não se fizeram de rogados e apelidaram a primeira SALEX do novo milênio de “feira dos coreanos”.

Infelizmente, naquele ano, não houve muito espaço para brincadeiras. A exposição esteve reduzida em 60 % de seu tamanho. Contribuíram para essa diminuição: a crise econômica mundial e a crise do setor de diversões. Mas a grande vilã foi a crise energética que assombrou os empresários de vários ramos. A SALEX aconteceu justamente quando o governo começou a implantar medidas e distribuir metas na tentativa de reduzir o consumo de energia. O perigo do “apagão” pegou todos de calça curta.

Nesse contexto, a SALEX 2001 até que se deu bem. A grande protagonista da feira foi a área de máquinas para adultos (AWP – amusement with prizes), que rendeu aos fabricantes o fechamento de grandes pedidos para 2002. Uma curiosidade desse setor: somadas as dimensões dos estandes, tivemos um espaço maior do que o programado para outras feiras internacionais.

11salex2000

Local:Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

2000 FECHANDO O MILÊNIO COM MUITA GARRA

O último ano do milênio apostou na maior feira de diversões da América Latina com muita garra. A SALEX 2000 aconteceu entre os dias 20 e 22 de julho no International Trade Mart (ITM), em São Paulo. Foi emocionante observar o orgulho estampado no rosto de cada um dos participantes, que apresentaram suas novidades como o videokê, máquinas temáticas de corrida de cavalos em hipódromos, mesas de air games, jukeboxes, aparelhos para parques de diversão e slot machines.

“Uma revolução à brasileira que acreditou na criatividade da indústria de entretenimento”. Foi assim que vimos a SALEX 2000. Empresas de aproximadamente 30 países participaram com seus estandes. Na época, a perspectiva de uma reabertura dos cassinos serviu de incentivo para os expositores. Com muito profissionalismo e alegria, os anfitriões, World’s Fair e Games News, recepcionaram mais de 15 mil visitantes.

08salex1999

Local: Internacional Trade Mart (ITM ) – São Paulo

1999 FALOU EM FEIRAS? LAS VEGAS É AQUI

Pela primeira vez, a SALEX realizou-se nos pavilhões do centro de exposições do International Trade Mart (ITM), no bairro paulistano da Vila Leopoldina, entre os dias 8 e 10 de julho.

O setor de bingos, com suas máquinas de videobingo, sagrou-se o campeão da feira. Ocupou dois pavilhões, enquanto as diversões e os parques somente um. A SALEX foi um absoluto sucesso. Aproximadamente 20 mil pessoas passaram pelos pavilhões, com cerca de 200 estandes, montados pelos maiores fabricantes de produtos de vários países, como Japão, Estados Unidos, Taiwan, Itália e Espanha. “Foi uma feira tão boa quanto a de Las Vegas”, comparavam os expositores. Exagero? Quem visitou não pôde negar.

Em poucos anos, a SALEX/PARKEX atingira proporções idênticas a eventos internacionais existentes há dezenas de anos e em nações do primeiro mundo. Fabricantes, distribuidores, importadores e operadores da América do Sul tornaram-se empresários de nível internacional. Parabéns!

07salex1998

Local: Mart Center – São Paulo

1998 APESAR DA CRISE, NAVEGAR É PRECISO

Entre os dias 23 e 25 de julho, a crise econômica mundial afetou a SALEX/PARKEX no número de visitantes, 17,08% inferior ao da versão anterior. No São Paulo Mart Center, conseguimos, porém, manter as mesmas dimensões da feira, ao contrário do que ocorreu com as demais exposições nacionais e internacionais de todos os ramos, significativamente bem menores. Dezessete países se fizeram representar. A maior atração da feira foram os robôs do espetáculo de terror interativo promovido pela Indiana Mistery. Muitos grunhidos e latidos assustaram e divertiram o público. Sem grandes estrelas para ostentar, os setores que mais sentiram o baque foram os de videogames profissionais, de simuladores e de flippers.

Houve mais um revés. O falecimento de Stephen Charles Whatmore, chairman do grupo inglês World’s Fair, pouco antes da realização do evento, entristeceu todo mundo. Não houve festa e o tradicional jantar promovido pelos organizadores foi cancelado. A revista Games News rendeu a Steve uma última homenagem, publicando na capa sua foto com os dizeres carinhosos do amigo e parceiro Roberto Salles: “Hasta siempre, Comandante!” Pois é, nesse ano, as bruxas andaram soltas.

05salex1997

Local: Centro de Convenções de Olinda – Recife

O ano reservaria mais surpresas. Em pleno dezembro, aconteceu a SALEX NORDESTE, no Centro de Convenções de Olinda, PE. A exposição visava oferecer novos produtos num mercado que crescia e cresce rapidamente. Nesse ano de alto-astral, os meninos do Brasil realmente chegaram lá!

05salex1997

Local: Mart Center – São Paulo

1997 OS MENINOS DO BRASIL CHEGARAM LÁ

São Paulo Mart Center a postos! Iniciava-se, de dia 25 a dia 27 de julho, a SALEX 97. Organizada pela World’s Fair anglo-brasileira e com apoio das revistas Euroslot, Games News e Cash Box, da Austrália, o evento se superou e passou a ser a quarta maior exibição de diversões do mundo. Cabe um destaque: os principais fabricantes de jukeboxes participaram da feira. A Rowe apresentou todos os seus modelos, inclusive seu último lançamento, a Starlight. Fizeram-se presentes 230 expositores, ocupando uma área de 16 mil metros quadrados. Tamanho também virou documento.

04salex1996

Local: Mart Center – São Paulo

1996 UMA BABEL QUE FALA A MESMA LÍNGUA

Entre os dias 25 e 27 de julho, mais de 15 mil visitantes compareceram à SALEX/PARKEX 96. Um recorde. As dimensões da feira ultrapassaram em tamanho a maioria das congêneres japonesas, europeias e norte-americanas. Ingressamos no clube dos cinco mais importantes eventos do setor no mundo. A dobradinha Euroslot e Games News novamente entrou em campo, na São Paulo Mart Center, com o apoio da A.A.M.A e da companhia aérea brasileira Varig.

Como em  time  que ganha não se  mexe, acorreram  à  exposição  praticamente  todos  os  setores  da indústria de diversões. Entre os videogames profissionais, The King os Fighters’96, da SNK, foi o jogo mais aplaudido. O jet ski Wave Shark, da Konami, se destacou entre os simuladores. Com o fim do ciclo inflacionário em nossa economia, ganharam espaço as vending machines.

Pela primeira vez, além de empresas paulistas, cariocas e mineiras, compareceram empresas pernambucanas, gaúchas, goianas, paranaenses e catarinenses e mais: entre os expositores internacionais, estiveram presentes companhias espanholas, portuguesas, inglesas, italianas, alemãs, canadenses, argentinas, peruanas, australianas, chinesas, coreanas, japonesas.

As revistas Münzautomat, da Alemanha, Cash Box, da Austrália, Automat e Play Machine Europe, da Itália, Game Time International, de Taiwan, cobriram o evento. Uma Babel que finalmente se entende.

03salex1995

Local: Mart Center – São Paulo

1995 A MAIOR FEIRA DO HEMISFÉRIO SUL

Organizada pelas revistas Euroslot e Games News, a SALEX/PARKEX 95 teve o apoio da A.A.M.A., associação que congrega a indústria de diversões nos Estados Unidos. Realizou-se, no Mart Center São Paulo, entre os dias 24 e 26 de agosto. Ocupou mais de 20 mil metros quadrados de área de exposição, tornando-se a mais importante feira da indústria de diversões do Hemisfério Sul.

Participaram do evento as mais significativas empresas nacionais e internacionais nos setores de videogame profissional, flipper, jukebox, bilhares, vending machines, equipamentos para parques de diversões, aparelhos para cassinos e outros produtos. As gruas firmaram-se como a sensação do momento. Dada a grande quantidade delas presentes na SALEX, muitos operadores, jocosamente, passaram a chamá-la de GRUEX, a feira das gruas.

02salex1994

Local: Mart Center – São Paulo

1994 BINGO! DOBRAMOS DE TAMANHO

O Mart Center foi novamente palco da feira, entre os dias 4 e 6 de agosto de 1994. Ocupando uma área quase duas vezes maior que a da SALEX 93, o evento teve triplicado o número de visitantes, tanto nacionais, como sul-americanos e de outros continentes. Superamos todas as previsões e expectativas. A grande novidade, no setor de jogos, foi a presença de estandes de fabricantes de bingo. Surfar na nova onda, que tomava conta do país, deu o tom à SALEX.

Houve outra estrela ascendente na feira. Aconteceu, em conjunto com a SALEX 94, a 2ª PARKEX, mostra do setor de parques de diversão na América do Sul. Foram expostos aparelhos para parques fixos, móveis e de áreas de lazer em shopping centers. Carrosséis, calhambeques, motocicletas, kiddie-rides, trenzinhos e até um barco pirata fizeram a cabeça de crianças, jovens e adultos propiciando ótimos negócios.

Os espaços atraíram o público não só pela bela decoração, mas também pelos lançamentos apresentados. Além da exposição, ministram-se seminários, um jantar foi oferecido a expositores, e várias empresas realizaram coquetéis. A organização ficou por conta da World’s Fair Expositions, da Inglaterra, e da revista Games News, do Brasil.

01salex1993

Local: Mart Center – São Paulo

1993 RUMO À GLOBALIZAÇÃO

Em janeiro de 1993, Roberto Salles recebeu um fax da Inglaterra. Stephen Charles Whatmore, chairman do grupo inglês World’s Fair e criador da revista Euroslot, o convidava para organizar, junto com a Games News, uma exposição no Brasil. “Se eu topasse”, contou Roberto anos depois, “em uma semana, ele estaria aqui para conversarmos.” Dito e feito. Stephen veio, viu e venceu. A partir dessa parceria, nada seria como antes. A EXPO GAMES ganhou novo nome e novas proporções. Nasceu a SALEX – South America Leisure Exhibition, a ser realizada no São Paulo Mart Center, na capital paulista, entre os dias 22 e 24 de julho. Nessa feira, tudo era maior: as dimensões do pavilhão de exposições, a quantidade de visitantes e de expositores (mais de 70 empresas nacionais e internacionais). Negócios e mais negócios foram fechados. A euforia foi a tônica do evento. Mal acabou a SALEX e já se falava na do ano seguinte. Roberto e Steve pensavam grande.

02salexexpo-game1992

Local: Ginásio de esportes Guaibe – Guarujá

1992 VOANDO MAIS ALTO

Aberta ao público, a 2ª EXPO GAMES realizou-se no Guarujá, SP, entre os dias 14 e 17 de maio de 1992. Destinada a fabricantes e operadores, a feira foi organizada pela Abravideo, com o apoio da revista Games News e da Prefeitura do Guarujá. Marcaram presença as últimas novidades da indústria nacional e internacional de diversões: videogames profissionais, simuladores, bilhares, pebolins, jukeboxes e peças para máquinas. Empresários de vários estados da federação e de diversos países compareceram
à exposição. Japoneses, norte-americanos, alemães, argentinos, uruguaios, chilenos confraternizaram-se com os operadores trocando experiências e tecnologia. Sob o sol do Guarujá, o clima de entusiasmo e alegria contagiou a todos, dando um drible na recessão econômica mundial que vivíamos naqueles dias.

01salexexpo-game1991

Local: Nova Lindóia Vacance Hotel – Águas de Lindóia

O BRASIL SAI DO ANONIMATO

Tudo começou em Águas de Lindóia, SP, mais exatamente no Nova Lindóia Vacance Hotel. Com o apoio entusiasta de Roberto Salles, empresário do setor e diretor da revista Games News, José Garcia Telles e Waldir José, operador de Amparo, SP, organizaram a EXPO GAME, a primeira exposição do ramo de diversões no Brasil.

A feira aconteceu nos dias 4 e 5 de maio e, embora engatinhando, contou com a participação de centenas de operadores e fabricantes de bilhares e diversões eletrônicas. Assuntos nacionais e internacionais foram tratados, todos visando expandir o setor, dando-lhe a devida projeção, inclusive no exterior. O Brasil saía do anonimato. Começava a ver e a ser visto.

Deseja mais informações sobre a Feira?